Timeline

Fatos marcantes da história da Aqueduto

1978

Patente

Bill Menzel patenteia um processo de fabricação de tubos plásticos a partir do enrolamento helicoidal de tiras perfiladas, moldadas por extrusão.

1980

Empresas Rib Loc

É fundada na cidade de Adelaide a empresa Rib Loc Australia Pty Ltd
É fundada na cidade de Madrid a empresa Rib Loc S.A.
Inicia-se a produção comercial dos tubos Rib Loc na Austrália e Espanha

1981

Costa Rica

A empresa espanhola produz tubos Rib Loc em uma criação de camarões na Costa Rica pertencente ao grupo Durman Esquivel

1982

Perma-Loc

A empresa americana Johns Manville (Atual JM Eagle) patenteia um processo de fabricação de tubos helicoidais de PVC e inicia a produção comercial dos tubos Perma-Loc

1986

Internacionalização

Rib Loc Group Ltd inicia um processo de internacionalização da tecnologia Rib Loc  através do licenciamento de empresas em diversos países

1990

Latino América

O grupo Durman Esquivel da Costa Rica cria a empresa Rib Loc Latino América S.A. e firma um acordo com o grupo Rib Loc para licenciamento da tecnologia em toda a América Latina

1996

Brasil

Rib Loc Latino América oferece à empresa Tubos e Conexões Tigre a licença para produção dos tubos Rib Loc no Brasil.
Os gerentes da Tigre Luiz Laterza e Sergio Dias viajam para a Costa Rica para conhecer o processo de fabricação a aplicação dos tubos Rib Loc em diversas obras na América Central

1997

Tigre

A Tigre assina com a Rib Loc Latino América um contrato de licenciamento da tecnologia para produção de tubos Rib Loc em todo o Brasil.
Os gerentes da Tigre Luiz Laterza e Clovis Albuquerque viajam para a Austrália, Nova Zelândia, Singapura, Malásia, Turquia e Emirados Árabes para conhecer o processo de fabricação e aplicação dos tubos Rib Loc nesses países, como parte do processo de transferência de tecnologia.
O presidente da Tigre Amaury Olsen e o Diretor Comercial Sérgio Dias viajam para a Espanha para conhecer o produto Rib Loc naquele país
A Tigre assina um convênio com a Universidade de São Paulo para avaliação da tecnologia Rib Loc e sua adaptação às condições brasileiras

1998

Tigre Rib Loc

No dia 17 de junho, no Hotel Meliá em São Paulo, é realizado o lançamento oficial dos tubos TIGRE RIB LOC.
No evento, que contou com a presença de mais de 250 convidados, ministraram palestras Bill Menzel, inventor da tecnologia Rib Loc, Alma Mozer, professor da Universidade de Utah, Olman Monge, gerente da Durman Esquivel, professores e pesquisadores da Universidade de São Paulo.
São realizadas na cidade de Joinville-SC, em caráter experimental, as primeiras obras utilizando os tubos TIGRE RIB LOC no Brasil.

1999

Primeiras Obras

Os tubos TIGRE RIB LOC são utilizados para construir um bueiro duplo nas obras de duplicação da BR 116 (Rodovia Regis Bittencourt) no município de Miracatu-SP, sob a supervisão do DNER - Departamento Nacional de Estradas de Rodagem.
A Tigre credencia diversas empresas brasileiras como licenciadas para produção dos tubos TIGRE RIB LOC no território nacional.

2000

Aqueduto

O engenheiro Luiz Laterza deixa a Tigre, onde exercia o cargo de Gerente Técnico, para fundar a empresa Aqueduto, que passa a ser uma das empresas licenciadas para produção dos tubos Rib Loc no Estado de São Paulo.
A Aqueduto produz seus primeiros tubos no Condomínio Costa Verde Tabatinga, em Caraguatatuba-SP. Fornece em seguida grande quantidade de tubos para a Loteamento Villa Branca em Jacareí-SP.
A Aqueduto constrói a sua sede no município de Cabreúva-SP.

2001

Obra da FORD – BA

É construída a nova fábrica da Ford em Camaçari-BA, na qual são utilizados cerca de 28.500 metros de tubos TIGRE RIB LOC com diâmetros entre 300 e 3.000 mm.

2002

Plastream

A Tigre obtém da CNI – Confederação Nacional da Indústria o Atestado de Exclusividade para a fabricação dos tubos TIGRE RIB LOC no Brasil. Com isso, pode vender o produto para órgãos públicos sem a necessidade de licitação.
Rib Loc Australia deposita uma patente sobre “tira compósita enrolável” e cria a empresa Plastream para comercializar tubos na Austrália com esta nova tecnologia e também os direitos desta patente em outros países.

2003

Serviços de Recuperação

A Aqueduto realiza diversas obras de recuperação de tubulações deterioradas, utilizando a inserção de tubos helicoidais de PVC dentro de tubos de concreto que apresentavam problemas estruturais, ataque químico ou falta de estanqueidade em suas juntas.

2004

Obras em São Paulo

A Prefeitura de São Paulo utiliza tubos TIGRE RIB LOC envelopados em concreto nas obras de drenagem dos túneis das avenida Rebouças e Nove de Julho, passando sob a Avenida Faria Lima.

2005

Tigre sai do negócio

A Tigre decide descontinuar a produção dos tubos Rib Loc e rescinde o contrato com a Rib Loc Latino América.

2006

Aliaxis

A empresa Durman Esquivel, da qual a Rib Loc Latino América era subsidiária, forma uma joint venture com o grupo belga Aliaxis para atuação na América Latina. As tiras nervuradas de PVC que eram fornecidas para as empresas licenciadas pela Tigre no Brasil passam a ser fornecidas pela empresa Nicoll do Uruguai, pertencente ao grupo Aliaxis.
A Aqueduto adquire equipamentos de extrusão para produzir suas próprias tiras perfiladas e passa a  produzir os tubos helicoidais de PVC com marca própria.
A empresa Plastream assina um acordo para a transferência de tecnologia com a empresa Contech Construction Products, dos Estados Unidos.

2007

Aqueduto se expande

A Aqueduto desenvolve equipamento para perfuração automática das tiras perfiladas na produção de tubos-dreno. Esses tubos são vendidos em diversas obras de drenagem de Subestações de Energia Elétrica em substituição aos tradicionais tubos de concreto poroso.
É aprovada a norma ASTM F 2562 versando sobre a tecnologia Plastream.
A empresa Contech lança no mercado norte americano os tubos DuroMaxx produzidos de acordo com a norma ASTM F 2562.

2008

ABNT

É instalada no âmbito da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, no CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil a Comissão de Estudos CE 111:02.63 – Tubos Helicoidais de PVC para Drenagem Pluvial, sendo escolhido como coordenador o Prof. Dr. José Rodolfo Scaratti Martins, da Escola Politécnica da USP, e como secretario o Eng. Luiz B.M. Laterza, da empresa Aqueduto.
A Aqueduto aumenta a sua capacidade produtiva e passa a exportar tubos helicoidais de PVC e tiras perfiladas para a montagem dos tubos helicoidais em canteiros de obras de empresas brasileiras que atuam em Angola.

2009

Novos Produtos

A Aqueduto desenvolve novos equipamentos e a nova tira perfilada 84BR1 para a produção de tubos-dreno nos diâmetros de 200, 250 e 300 mm. Esses tubos passam a ser vendidos nas obras da Transposição do Rio São Francisco, em Cabrobó-PE e Mauriti-CE.  São fornecidos ao longo de 3 anos, mais de 50.000 metros de tubos-dreno.
A Aqueduto desenvolve tanques para armazenamento de água para reuso utilizando tubos helicoidais de PVC de grande diâmetro. Dezesseis tanques são utilizados nos pedágios da Concessionária Rota das Bandeiras (Odebrecht Rodovias).
A empresa Plastream efetua transferência de tecnologia para a empresa Aquaspira, da Inglaterra.

2010

Reforço de Aço

A Aqueduto desenvolve um novo tipo de reforço de aço para os tubos helicoidais de PVC em forma de “U”. A redução de custo obtida permite aumentar a competitividade de seus tubos e ganhar o fornecimento de tubos para obra no zoológico de Goiânia-GO.
A Aqueduto efetua venda de cerca de 20.700 metros de tubos helicoidais de PVC para a obra da Subestação de Energia Elétrica de Porto Velho – RO.

2011

Thermas Sta Bárbara

A Aqueduto fornece grande quantidade de tubos (13.500 metros) para a obra de drenagem do condomínio Thermas de Santa Bárbara, em Águas de Santa Bárbara – SP.

2012

Filial Xingu

A Aqueduto abre uma filial em Vitória do Xingu – PA e passa a fornecer grande quantidade de tubos para as obras da Hidrelétrica de Belo Monte.

2013

Unidade Telles Pires

Em conjunto com a empresa Drenartec, a Aqueduto monta uma unidade produtiva na cidade de Paranaíta-MT. Esta unidade fornece tubos para a construção de bueiros na rodovia MT-106 entre Alta Floresta e a Usina Hidrelétrica de Teles Pires.

2014

Filial Rondônia

A Aqueduto abre uma filial em Porto Velho – RO para atender a empresa Racci & Racci, vencedora de pregão eletrônico para aquisição de grande quantidade de tubos helicoidais de PVC destinados a drenagem daquele município.